terça-feira, 27 de dezembro de 2011

A FUNÇÃO DE CURA DO AMOR DIVINO




Julie Redstone
26 de Dezembro de 2011

A presença do amor de Deus tem sido, ao longo do tempo, o agente de cura para todos os tipos de doenças, condições e dificuldades interiores. Se a corrente do amor foi chamada por este nome ou não, o seu poder para reverter as condições que pareciam irreversíveis, e dissolver as condições que pareciam sólidas e impenetráveis, é um testemunho do poder de uma energia de força suficiente para trazer a Criação ao ser. Este mesmo amor opera em todo o espaço e tempo para criar os milagres de cura que nós conhecemos e muitos que não conhecemos.

A força do Amor Divino está descendo hoje dos reinos mais elevados aos planos do tempo e do espaço como parte da entrada da luz maior. Como resultado, todos os tipos de mudanças irão ocorrer – tanto a purificação das passagens bloqueadas que os seres humanos e a sociedade como um todo continham, como também a eliminação, tanto do corpo como da consciência daquelas coisas que as almas individuais têm mantido dentro de si mesmas que não reagiram aos esforços da cura no passado.

Muitas almas carregam dentro de si cicatrizes que estiveram à espera da cura. No decorrer do tempo, elas acumularam vários tipos de feridas que surgiram da experiência humana, algumas afetando a mente e o coração, e algumas afetando a própria alma, o que mantém a marca da dor profundamente sentida. Quando ocorre uma profunda perda ou trauma que o coração e a mente não podem absorver, nem a alma liberar, então este trauma ou ferida pode ser carregado de existência a existência, esperando o momento em que a sua liberação finalmente se torne possível.

Algumas vezes, quando condições similares àquelas nas quais as feridas ocorreram são capazes de se repetirem com um resultado mais amoroso, pode acontecer que o coração e a alma possam finalmente ser abrandados e curados. Entretanto, também acontece, às vezes, que as condições não podem ser prontamente repetidas, devido à natureza singular de sua ocorrência inicial, e assim aquele que suporta a marca do trauma na alma deve esperar mais tempo para que uma grande quantidade de amor e de luz seja sentida, de modo que a alma possa finalmente ser libertada da ferida que ela está carregando.

A fim de fazer isto, é necessário o amor de uma natureza poderosa – de um tipo que possa curar todas as feridas, ligar tudo o que esteja rompido e restaurar e tornar novo aquilo que parecia perdido ou abandonado. Estas são as propriedades essenciais do Amor Divino – um amor que é mais do que a emoção humana que dele deriva. Na verdade, este amor é uma força que pode curar qualquer coisa, e dentro do seu envolvimento, tudo o que não é amor deve se desintegrar e desaparecer.

Aqueles que estiveram na presença de tal força, mesmo que por um momento, conhecem o poder que ele contém de alterar todas as circunstâncias internas pré-existentes. Entretanto, para que a cura verdadeira e permanente ocorra, a experiência deste amor deve estar contida no corpo, no coração e na mente, ao invés de se permitir que escape, quando assumem as condições de desconfiança, ódio a si mesmo ou a dúvida. Onde estas tendências são fortes, o trabalho interno deve ser feito para libertar a psique da influência corruptora de tais emoções. Entretanto, onde a dor foi mantida por muito tempo, algumas vezes é difícil realizar este trabalho interno, e é necessário que o amor de um tipo particularmente forte supere as deficiências internas que não foram capazes de serem dissolvidas pelos esforços particulares para a cura.

Hoje e amanhã, a cura através do amor está sendo mais possível pelo grande influxo de luz que desce dos planos mais elevados para os menos elevados. Esta luz está no ar que respiramos, na terra em que caminhamos e está presente mais abundantemente em todas as outras almas. À medida que a luz aumentar na Terra, assim também aumentará a presença do amor Divino, até que tenha acabado com aqueles aspectos da escuridão que buscam minimizar a sua presença.

Podemos perguntar por que isto está acontecendo agora, e a resposta é que é o momento para que isto aconteça, pois assim foi ordenado pela intenção Divina. É o momento para que o poder da redenção através do amor seja revelado. O amor que cura pode vir silenciosa e invisivelmente no início, somente se tornando verdadeiramente conhecido quando os seus efeitos máximos foram alcançados. Entretanto, mesmo no silêncio e sob o abrigo de outras energias que possam temporariamente mascará-lo, o Amor Divino se tornará um agente e força para a cura que irá libertar a humanidade das trevas que ela manteve e mudará a face da vida humana para sempre. Que assim seja. Amem.


----.....---==.....---ooo000ooo--......==----.....----

http://lightomega.org/NL/20110826-Living-With-the-Unknown.html

You Tube – Agora Estamos Livres - http://www.youtube.com/watch?v=rn4cumfOgJk

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acompanhar este Blog

CD e DVD "CAMINHOS DA MÚSICA"

ESCOLHA UMA PORTA E CLIQUE NELA.....



******************
"Não utilizemos bombas e armas para dominar o mundo. Vamos usar amor e compaixão. A paz começa com um sorriso - sorri cinco vezes por dia para alguém a quem não gostarias realmente de sorrir –faze isso pela paz. Então vamos irradiar a paz de Deus e assim acender a Sua luz e de todos os homens todo o ódio extinguir do mundo e dos corações o e amor pelo poder." Madre Teresa de Calcutá

VOCÊ QUER MAIS SEGURANÇA ???